Projeto Via | Reportagem hipermídia produzida como Trabalho de Conclusão de Curso | Comunicação Social: Jornalismo pela UNESP | 2019

Via (s.f.)

1) caminho ou estrada por onde se vai de um ponto a outro;

2) meio pelo qual se viaja ou se faz o transporte de algo, ou através do qual uma mensagem é enviada.


Esses são os principais significados da palavra “via”, segundo o dicionário da Língua Portuguesa. Recebemos a sugestão de retratar, através do nome do projeto, o caminho que as nossas protagonistas, mulheres refugiadas, percorreram até chegar ao Brasil. E por que não, o caminho que percorremos para chegar à conclusão desta série de reportagens.

A reportagem em si traça seu próprio caminho: de início, é de extrema importância entender o contexto do refúgio no Brasil e no mundo. Em uma segunda etapa, apresentamos as formas de recepção e integração disponíveis para os refugiados e solicitantes de refúgio em nosso país.

Seguindo a trajetória, destacamos como a saúde mental dessas pessoas - em especial as mulheres - é afetada pelo processo de migração forçada. Já no fim da Via, contamos cinco histórias de mulheres sobreviventes, que partiram de seus países e chegaram ao Brasil, percorrendo talvez a mais importante via de suas vidas.

Com tantos significados, “via” é também o pretérito imperfeito do verbo “ver”. O pretérito imperfeito indica um fato que se iniciou no passado, mas que ainda não terminou. Assim como as guerras e perseguições que já obrigaram milhões de pessoas a se deslocarem no mundo.

O verbo pode facilmente ser conjugado para o presente, mas além de ver, é necessário enxergar. Que todos consigam enxergar através da via atravessada por tantas pessoas, todos os dias.

Acesse as reportagens: